Que o nosso amor pra sempre viva, minha dádiva. ‘

Eu amo escrever. E não tem quem me diga ao contrário. Escrever não é dom, escrever é como um vício, é como se meus pensamentos fossem escritos, e eu pensasse palavras escritas a caneta de tinta molhada. Quando quero dizer alguma coisa, sinto até o cheiro da tinta, e ela me embriaga.

Escrever é um delírio.

Então porque não se deixar delirar? Porque não vomitar palavras no caderno, e deixar que as outras pessoas decidam se gostam ou não, quem sabe não seria essa uma forma de cada um se encaixar no que verdadeiramente acredita, uma forma de buscar um valor, acrescentando algum valor ao dia, a vida de cada pessoa. Perca seu tempo lendo, perca seu tempo, mas perca com algo que ainda vale a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s